Title Image

Pixel Facebook: O que é, Como Usá-lo e Qual a sua Importância Para os Seus Projetos

Receba nossos conteúdos!

Usar o Pixel do Facebook pode ser um grande aliado para o seu negócio quando usado corretamente. É importante tê-lo em todas as páginas do seu site porque desde a instalação já começa a coletar dados.

A partir disso, você consegue criar campanhas de remarketing e se seu anúncio estiver no Facebook o pixel passa informações sobre conversão. Sendo assim, será possível otimizar suas campanhas com foco, por exemplo, nas pessoas que estão convertendo.

Vamos mostrar o passo a passo e mostrar como é fácil alterá-lo de acordo com as suas necessidades. Confira nosso vídeo no YouTube para fixar o conteúdo sobre o pixel do Facebook.

Aqui você também irá aprender como criar eventos personalizados para atingir com maior eficácia seu público-alvo.

Saiba agora o que é Pixel do Facebook e como criar um evento personalizado para o seu negócio.

O que é?

Quando você cria um pixel, o Facebook apresenta o seguinte código:

Pixel Facebook - Afiliart 2

O Pixel do Facebook é o código para traquear, otimizar e mensurar o comportamento dos usuários no site.

Com ele também é possível garantir que seus anúncios estão aparecendo para o público correto e desbloquear outras ferramentas de publicidade no Facebook.

É imprescindível que ele esteja instalado corretamente, caso contrário, sua utilização não será possível. Deve estar presente em todas as páginas do seu site.

Mesmo que não vá usar de imediato algum pixel, deixe-o instalado porque pode ser necessário no futuro.

 

Como funciona?

Na prática ele funciona de maneira bem simples. Sempre que uma pessoa executa uma ação no seu site, o pixel ativa-se e relata essa ação para você.

É uma maneira de coletar dados a partir de um rastreamento de informações do usuário. Desta forma, você pode redefinir com mais eficácia suas estratégias de publicidade no Facebook e Instagram Ads.

Para ficar mais claro, faremos uma analogia com um pintor. 

Pixel Facebook - Afiliart 2

Como o Pixel pinta os Usuários

Imagine que pegamos o código da imagem acima e realizamos sua instalação em todas as páginas do site então, ele vai funcionar como um pintor. Sempre que alguém entrar no site o código com um balde de tinta e pincel, faz uma marca. Pintando o usuário com uma tinta.

Vamos supor que todos os usuários visitantes da página será pintado de amarelo. Já o usuário que acessou a página e converteu terá de outra  cor de tinta.

Essas informações ficam registradas dentro do Facebook então, é possível visualizar o comportamento:

Acima temos informações de quantas ativações de pixel tivemos, ou seja, todos os usuários que acessaram o site (page view) e foram “pintados de amarelo”. Como falamos, ele consegue separar quem apenas acessou de quem acessou e converteu. 

Pode-se elaborar, por exemplo, campanhas de remarketing para o público que apenas acessou.

Você vai alcançar as pessoas certas, gerar mais vendas e avaliar de maneira mais precisa os resultados de seus anúncios.

Com mais recursos de análises, será possível trabalhar com cada público adequadamente e testar estratégias novas e eficazesQuanto mais pixels, mais volume.

Sendo assim melhor, pois terá mais opções e dados para conseguir trabalhar sua estratégia de marketing.

Um pixel que não está ativado, é mais difícil de trabalhar e obter resultados.

 

[optin-monster-shortcode id=”reiaswh2vovvwwpdzklo”]

 

Como instalar?

O Pixel de Facebook é recomendado, principalmente, para pessoas com Blog ou Site. Porém não existe a possibilidade de instalá-lo na sua página do Facebook, pois é uma ferramenta de captura externa dessa rede social.

Como falamos para o Pixel do Facebook funcionar é importante que esteja instalado corretamente. Caso queira saber como realizar a instalação confira o nosso [Tutorial] Como instalar o Pixel do Facebook pelo Google Tag Manager. 

Ensinamos o passo a passo e para facilitar separamos em duas etapas para não sobrar dúvidas. E lembre-se para cada conta de anúncio tem-se apenas um pixel vinculado a conta.

Você pode ver a instalação do Pixel do Facebook, passo a passo, no nosso curso Instagram Ads Descomplicado, onde temos um módulo especialmente para a inteligência do Pixel.

Neste módulo você vai ver como fazer corretamente a instalação do Pixel, qual a sua importância, eventos e conversões personalizadas.

Com a instalação feita você poderá mensurar o resultado de conversão a partir eventos, em que o Facebook segmenta pessoas com mesmo perfil que acessaram sua página.

Ou você pode analisar a partir dos eventos personalizados que tem como base a URL, como poderá aprender no próximo tópico.

Eventos Personalizados Pixel do Facebook

Facebook Afiliart

No Facebook também é possível criar eventos personalizados que são extensões para o código para fazer com que ele entenda qual ação o usuário teve no site.

Para explicar o que é, vamos continuar na analogia do pintor, mas agora cada cor da tinta é o evento.

Todos os usuários pintados de amarelo são aqueles que acessaram o site. Então, temos um evento de PageView de todos que visualizam a página.

Você pode criar um evento personalizado de quem se inscreveu na lista emails e virou leads, por exemplo, serão pintados de laranja.

Ainda pode colocar uma terceira cor para as pessoas que compraram, ou seja, finalizaram a compra de algum produto com a cor cinza.

Nessa analogia, temos que cada cor é um evento:

  • Amarelo = pessoas que visualizaram a página
  • Laranja = pessoas que se tornaram leads
  • Cinza = pessoas que efetivaram uma compra

Você deve pegar o código base do pixel do Facebook e alterar para o seu evento (amarelo, laranja ou cinza)

O próprio Facebook diz: “ Um evento é qualquer ação no site que pode ser rastreada, como quando alguém clica em um botão ou visita uma página. Com o pixel do Facebook, você pode rastrear os eventos que são importantes para você e atribuir a eles categorias (como adicionar ao carrinho ou compra).”

 

Como fazer?

Existe algumas categorias padrão de conversão:

  • Adicionar ao carrinho de compras
  • Adicionar informações de pagamento
  • Adicionar à lista de desejos
  • Cadastro
  • Compra
  • Concluir cadastro
  • Iniciar finalização de compra
  • Pesquisar
  • Visualizar conteúdo

Em ‘evento personalizado‘ é possível alterar o nome, no campo de <EVENT NAME>. Além disso, incluir parâmetros como valores. Caso não esteja familiarizado, use as categorias padrão.

Na prática o que muda é na linha 9 “track, PageView”:

Facebook Afiliart

O pixel base, é o “PageView”, o evento ou a cor da tinta então, o que escrever nessa parte, irá aparecer no Facebook.

No exemplo, “PageView” seriam pessoas que estão visualizando a sua página. Se quiser alterar, por exemplo, para quem se inscreveu no email, basta modificar para lead. Coloca-se na página apenas na página de quem virou lead:

Pixel Afiliart

A mesma estratégia vale para todos os eventos. Então, ou você altera essa parte no pixel base ou usa as categorias padrão dados pelo próprio Facebook.

 

Conclusão

Então, você precisa instalar esse pixel personalizado com acionador correto, por exemplo, de leads na página de cadastro.

Ele entende o comportamento do seu usuário e use sempre os eventos porque trazem muitas informações.

Desse modo, saberá como utilizar as melhores estratégias para cada usuário. Coloque esse passo a passo na prática para ter anúncios otimizados.

Deixe seu comentário aqui!

Abraços!

🙂